sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Leitores preferem impressos à web

Quem pensou que a era digital ia provocar um afastamento dos leitores habituais de livros,revistas e jornais impressos se enganou.
No Brasil, os consumidores ainda preferem o bom e velho contato manual com o que estão lendo.
A pesquisa "Retratos a Leitura no Brasil", do Instituto Pró-livro, mostrou que 52% dos entrevistados são adeptos à leitura de revistas e 50% leem livros. Enquanto isso, 20% têm o hábito de leitura on-line.
Os jornais impressos têm 48% de preferência. A web perde até para textos escolares
e livros indicados pela escola - que detem 34% e 30% das preferências para leitura. Livros digitais e audiolivros estão na lista, mas com participação mínima nas leituras, com 3% e 2% dos brasileiros aderindo a estes suportes, respectivamente.
Apesar da preferência pelos impressos, consumidores dedicam mais tempo às leituras na web: 2 horas e 24 minutos. Os jornais e revistas ocuparam, em média, 1 hora e 18 minutos da semana dos usuários.
A pesquisa envolveu 5.012 entrevistas domiciliares em todo o território nacional, entre 29 de novembro e 14 de dezembro de 2007. A margem de erro máximo é de 1,4%.

Fonte: A Tribuna, 22/12/2008

Nenhum comentário: